5 dicas para conseguir a casa própria Imobiliária em Jardim Botânico, Flamengo, Copacabana, Botafogo, Rio De Janeiro Imóveis - Foco Imobiliária

5 dicas para conseguir a casa própria

Em qualquer área da vida, colocar planos em prática exige dedicação e planejamento. Com a compra de um imóvel não é diferente. O impulso é um problema se trata de dar o primeiro passo na direção de uma das mais valiosas aquisições da vida: a desejada casa própria. Com a ideia na cabeça há tempos, sua execução agora é iminente. E uma boa gestão financeira fará toda diferença em sua caminhada rumo ao início (ou aumento) de seu patrimônio.

Para tal, é importante observar alguns aspectos e fazer algumas mudanças no dia a dia. Mudanças são difíceis, mas a boa notícia é que com boa vontade e foco, chegar aonde você pretende ficará mais fácil. Reunimos aqui algumas dicas para você que não vê a hora de comprar o imóvel próprio.

1. Ganhar X Gastar: busque o equilíbrio

Ganhar dinheiro não é fácil. Já para gastar, basta um descuido e pronto! O cartão de crédito entra em ação e logo, quase sem que se perceba, a fatura está lá nas alturas. Com todo mundo é igual.

A dica é gerenciar os ganhos com “mão de ferro”, em busca do equilíbrio capaz de te proporcionar excelente saúde financeira.

2. Reúna recursos para a entrada

Fazer uma reserva financeira é importantíssimo para quem decidiu comprar um imóvel. Isso porque, quanto maior for a reserva para a entrada, maiores as chances de realizar a compra. Ter um financiamento aprovado exige que as parcelas mensais estejam alinhadas com seus ganhos de tal maneira que não causem desconfortos financeiros.

Há ainda mais vantagens para quem consegue juntar uma boa entrada, como menores juros a pagar pelo financiamento e até mesmo redução do tempo para quitação do saldo devedor.

3. Gestão financeira é fundamental

Sabe aquelas saídas com os amigos para refrescar a cabeça? Já calculou qual o custo mensal delas? A gorjeta do garçom, o happy hour e outras coisas que parecem não ter peso em seu orçamento, certamente fazem muita diferença.

Para “enxergar” com clareza o quanto você despende mensalmente em supérfluos, nada melhor que lançar tudo em uma planilha. Você ficará surpreso ao notar que sua poupança só não está mais “encorpada” por conta de gastos que poderiam ter sido evitados.

4. Priorizar é atingir sua meta

Parece difícil deixar de lado pequenos hábitos prazerosos? Tenha em mente suas prioridades e o momento que está vivendo. A escolha de comprar um imóvel é toda sua, e você quer fazer o melhor negócio possível. Não permita ficar na mesma, realize seu intuito. A satisfação de atingir seu objetivo certamente compensará cada esforço realizado.

5. Analise sua situação

Há variáveis que devem ser levadas em consideração para o sucesso da sua empreitada. Uma delas é se você paga aluguel. Caso sim, a necessidade de um rigoroso planejamento financeiro se torna ainda mais imperativa. Apare cada aresta, enxugue bem os gastos e pense da forma mais inteligente possível ao avaliar suas necessidades de consumo — veja se elas são reais ou anseios que podem ser contidos.

Essas são algumas das maneiras de você se organizar e fazer uma ótima gestão financeira. Pensou em outras e quer compartilhar? Comente aqui!

 

14 de março de 2016 via Andrea Pavilonis

  • Tipo de Imóvel
    Concluir
  • Bairros
    Concluir
  • Busca Avançada